Colaboradores PDF Print E-mail
Written by Alex Rodrigues   
Monday, 22 November 2010 06:04
There are no translations available.

Colaboração dos Internautas

Nesta parte, publicaremos fotos, ilustrações, textos, histórias, relatos, documentos, projetos, publicações. Os que desejarem enriquecer esta página poderão nos enviar pelo e-mail This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it

Clique nas fotos para vê-las ampliadas



Jahurec.jpg (51898 bytes) Foto que encontrei nas coisas da minha avó quando do falecimento dela. JAHÚ no porto do Recife. Apesar da foto estar em má qualidade, se te interessar pode coloca-la na sessão de fotos da página "A vida de João Ribeiro de Barros" Tulio Ribeiro Pessoa Couceiro This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it Recife-PE BRASIL
"Foto da casa onde nasceu João Ribeiro de Barros. Meu pai (Antonio Waldomiro de Oliveira) tirou essa foto no domingo (16 de maio de 1999).(...) Ela está abandonada! Fica numa fazenda perto de Jaú. Prof. Waldete de Oliveira. Jaú-SP


Medalha sem valor facial, em bronze - diâmetro de 29 mm, peso de 8,7 g -, oferecida pelo senhor José Duarte Serrano, de Lisboa, Portugal, encontrada nas coisas antigas da família, em Alcobaça, cidade portuguesa.

Em um dos lados, tem o título “A Pátria vos glorificará”  e a figura de Ícaro, contornada pelos nomes dos homenageados: Santos Dumont – 1906 e João Ribeiro de Barros – 1927.

No outro lado, os mapas do Brasil e da Itália, com inscrições dos dois países e  indicação do trajeto feito sobre  o Atlântico. No centro, as imagens cunhadas dos tripulantes e abaixo a do hidroavião "Jahú". A renovação da medalha foi feita por Alberto Joalheiros, em Brasília.

Foto: momento em que o senhor José fez a entrega da medalha ao Charles Rodrigues em 29.04.02  no saguão do Ritz Four Seasons Hotel, de Lisboa.

A exposição de João Ribeiro de Barros em Congonhas é um grande sucesso.

Centenas de pessoas assistiram a solenidade de abertura no salão principal do aeroporto. O secretário Ruy Altenfelder, da Secretaria de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento e Turismo representou o governador Geraldo Alckmin.

Um grande sucesso. Assim pode ser definida a cerimônia de abertura da exposição sobre João Ribeiro de Barros, segunda-feira (21/10), no saguão principal do aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O evento, realizado pela Infraero com participação da Prefeitura de Jaú, chamou a atenção dos passageiros e logo nas primeiras horas milhares de pessoas demonstraram enorme interesse em conhecer os detalhes da vida do nosso maior herói. O prefeito João Sanzovo Neto foi o primeiro a discursar. Agradeceu a oportunidade de poder divulgar para tanta gente o nome de Ribeiro de Barros, a Aeronáutica pela parceria e às pessoas que conseguiram restaurar um dos motores do hidroavião Jahu, que se encontra na exposição.

Depois de contar com detalhes a história do “raid”, o prefeito acrescentou:

“Essa persistência e esse exemplo de patriotismo do nosso ilustre conterrâneo é que devem nos animar a seguir em frente e a enfrentar os desafios que se apresentam no nosso dia a dia. Desafios de todos os tipos.”

“Um deles é o de levar o hidroavião Jahu para nossa terra. Há muitos anos, desde 1927, para ser mais preciso, vem-se tentando essa odisséia, que pode ser comparada ao próprio desafio enfrentado por João Ribeiro de Barros.”

“O velho Jahu significa muito para nossas crianças. Desde os primeiros anos de vida, aprendemos a cultuar nosso maior herói. Todos nós temos conhecimento de que o Jahu existe, mas muito poucos jauenses tiveram a oportunidade de ver de perto o hidroavião de que tanto ouvem falar.”

“Da mesma forma que o monumento dos Bandeirantes está para São Paulo, e o Pão de Açúcar está para o Rio de Janeiro, o hidroavião de João Ribeiro de Barros está para Jaú. No próximo ano, vamos comemorar nosso sesquicentenário. E gostaríamos muito de comemorar junto com esta data a chegada do hidroavião em nossa cidade. É lá o lugar dele. É lá onde ele deve ficar.”

João Sanzovo pediu a todas as autoridades lá presentes que o ajudasse a trazer o “Jahu” para casa. Foi muito aplaudido no final do seu discurso. Não só sensibilizou a platéia como também o secretário Ruy Altenfelder, que pediu ao prefeito jauense cópia do discurso.

Em seguida falou o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia, Desenvolvimento e Turismo. Altenfelder, que representava o governador Geraldo Alckmin, elogiou a iniciativa da Infraero, da Prefeitura de Jaú, e disse que sempre vai apoiar iniciativas como essas. Lembrou também de que se orgulha de ter sido homenageado como cidadão jauense.

A secretária de Cultura e Turismo de Jaú, Lucy Monari, responsável pela mostra, foi bastante cumprimentada pelo material levado para a exposição (um filme mostrando a chegada de Ribeiro de Barros ao Rio de Janeiro, São Paulo e Jaú, entre outras cenas; objetos pessoais de Ribeiro de Barros, fotos, publicações da época, cópias do diário de bordo, e réplica do hidroavião, entre outras coisas,).

“Foi um trabalho enorme, mas valeu a pena”, disse Lucy Monari.

Estiveram participando da cerimônia dezenas de oficias da Aeronáutica, da Polícia Militar, o chefe de Gabinete da Secretaria de Cultura do Estado, Sérgio Barbur, representando o secretário Marcos Mendonça, parentes de João Ribeiro de Barros, um neto de Santo Dumont, a primeira dama do município, Suzana Sanzovo, os secretários Antônio Aparecido Serra, da Secretaria Geral, Caetano Bianco Neto, de Desenvolvimento Econômico, Carlos Augusto Moretto, de Administração, José Carlos Borgo, de Esportes, José Izidro Bergamin, de Serviços Municipais, Maria da Lapa Morandi, de Assistência Social, Mário Schwarz, de Comunicações, Nilo Bernardi, de Planejamento e Obras, Rubens Sabino, subprefeito de Potunduva, diretores, autoridades e jauenses que residem em São Paulo.

Segundo a Infraero, a expectativa é de que cerca de 400 mil pessoas vejam a exposição, que termina dia 2 de novembro.
Transcrição do JAÚ NEWS Notícias de Jaú e região - 24/10/02.

Last Updated on Monday, 02 May 2011 02:15